Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

16 de agosto de 2017

Resenha: A Garota do Calendário - Agosto.

Título: A garota do Calendário – Agosto.
Série: A garota do Calendário.
Livro: 08.
Autora: Audrey Carlan.
Editora: Verus. 
Gênero: Romance, Erótico.
Páginas: 160. 
Ano: 2016.
Idioma: Português.
ISBN–13: 9788576865292.
ISBN–10: 8576865297.
Categoria: Literatura Estrangeira.
Skoob: aqui.

Sinopse: O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Agosto virá com uma tarefa diferente para Mia: ir a Dallas fingir ser irmã do jovem magnata e caubói Max. Mia sabe que sua contratação tem a ver com os negócios de Max, mas nunca poderia imaginar o que está prestes a acontecer.



Oi gente, tudo bem?

Hoje vim trazer a continuação da saga da Mia, e falta pouco para terminar. Enfim, chegamos a Agosto. Mas, antes de falar desse mês, vamos relembrar o porquê dela ter virado acompanhante.

Todos sabem que Mia Saunders virou acompanhante de luxo por causa de uma dívida herdada que seu pai fez com um agiota, que nada mais é do que o ex-namorado dela. Por não ter o dinheiro que deve, ele toma uma surra e fica internado em estado grave no hospital e Mia torna-se a “salvadora” da família e aos poucos vai pagando cada centavo que seu pai deve.

Oito meses se passam e muitas coisas na vida de Mia mudaram, a começar pelo amadurecimento da protagonista. A cada mês que passa, Mia aprende mais um pouco e vai crescendo como ser humano. O segundo fator que acontece com ela, é o sentimento de amor que tem pelo Wes – o carinha do mês de Janeiro. Depois de tanto tempo se omitindo, ela tem uma conversa franca com ele e por fim decide assumir o sentimento e o relacionamento e com isso eles dão um passo importante.

Mesmo depois de assumir o namoro e ir morar com Wes, ele insiste em querer pagar o que resta da dívida para que Mia não precise mais trabalhar nesse ramo. Porém, nossa protagonista recusa a “oferta” e quer ela mesma dar fim nessa dívida.

Depois de se instalar devidamente, ela vai para o Texas, ser a irmã desaparecida de um empresário do ramo do petróleo, Maxwell Cunnigham, que por coincidência tem o mesmo nome e data de nascimento que a protagonista. Ele explica as circunstâncias dos acontecimentos a ela, e fala que ela seria a melhor opção até acharem a “verdadeira Mia”.

Nossa protagonista fica meio “encucada” com essa história, todavia, continua a ajudá-lo. Ela só não contava com uma sensação familiar que surgiria enquanto estava na casa de Max. Os dias vão passando e Mia vai estranhando o comportamento da família que acabam passando dos limites e ela dá um basta nisso.


No dia seguinte à bronca, Mia vai para empresa se apresentar como a irmã desaparecida, para conseguir a porcentagem que “lhe pertence” e nesse momento, a vida dela dá uma reviravolta das grandes. 



E ai, minha gente, vocês vão ter que ler para descobrir os babados desse mês.



Quando comecei a ler, achei que Agosto seria um mês tranquilo para ela. Depois de assumir o relacionamento, se divertir muito com Wes e dar um passo grande na relação, pensei que ser a irmã desaparecida seria moleza para Mia. Eu só não contava que a vida dela teria uma reviravolta dessas. 



A Audrey soube explorar vários sentimentos nesse mês. Ela conseguiu me desnortear junto com a protagonista, e estou com aquela vontade de reler esse livro só para ter certeza do que realmente aconteceu. Junho foi agitado, mas agosto está de parabéns. Agora quero ver como Mia vai se portar nos outros meses, depois dessa agitação toda. 



Sobre a edição, continua no mesmo seguimento que os livros anteriores: páginas amareladas, letras em um tamanho confortável para leitura. Não encontrei erros ortográficos, pelo menos nada que atrapalhasse a leitura e com isso a história fluiu muito bem. A escrita da autora é gostosa, porém um pouco vulgar, mas nada que incomode na hora de ler.


Bom, é isso! Estou ansiosa para acompanhar a Mia no mês de Setembro.

Classificação:
[Confira as demais resenhas da série abaixo]

7 comentários :

  1. Olá, tudo bem?
    Eu não gosto do gênero, mas gosto quando o gênero vem acompanhado de histórias com elementos diferenciados. Não curto saber que o livro é só hot, acredito que precisa ter algo a mais.
    Não tenho interesse em ler a série, mas espero que ela continue seguindo um ritmo bom para quem curte.

    Adorei seu blog.
    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Laneeh tudo bem?
    Eu sempre tive muita curiosidade em realizar a leitura desse livro menina,sei que seria uma ótima pedida para mim e gostei mais ainda de saber a sua opinião, quero conhecer cada livro e homem que a personagem irá conhecer.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estou com o mês de Janeiro, o que me chamou atenção nessa série, foi o fato de cada mês acontecer algo novo para ela. Pelo que percebi Agosto vai ser cheio de mistério, fiquei curiosa sobre ela se passar por outra pessoa, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  4. Será que vou gostar então desse mês? Porque vou te falar, parei em maio e as vezes dava vontade de arrancar meus olhos a continuar a ler o livro... huahuahuahua
    Mas depois dessa sua resenha, fiquei com uma vontadinha de continuar.
    :D
    Vamos dar mais uma chance! huahuhuauha

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Eu achei a premissa da série bem interessante, mas fevereiro foi tão decepcionante que nem acompanhei, que bom que o mês de Agosto a história deu uma boa guinada, mas acho que a série não é para mim.

    ResponderExcluir
  6. Oi Laneeh, tudo bem?

    Você sabe que quando essa série foi lançada ela me chamou a atenção, mas que com o passar do tempo perdi o interesse. No entanto, alguns dos títulos, ao acompanhar as suas resenhas, me chamam a atenção e esse volume é um deles. É daqueles que dá vontade de ler aleatoriamente, sabe? Tô morta de curiosidade aqui. kkkk

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. hi baby, tudo bem? essa série de livros é muito amada e sempre vejo comentários relacionados aos livros, sejam bons ou ruins, ela está na minha lista a séculos e resenhas como a sua só me deixam com mais vontade ainda de começar logo esses livros! parabéns!

    Lilian Valentim
    https://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^