Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

3 de novembro de 2017

Resenha: O Senhor das Águias e As Pedras Da Perdição.

Título: O Senhor das Águias e as Pedras da Perdição.
Autor: R.S.Ferreira.
ISBN: B01MYMEU35.
Ano: 2016. 
Páginas: 387.
Idioma: Português. 
Editora: Independente / Amazon.
Categoria: Fantasia, Aventura, Ficção.
Literatura Brasileira. 
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.
Cortesia / E-book / Autor parceiro LT 2017.

Sinopse: Pedro se considerava um simples ferreiro de Caën, morador de uma pequena cidade pacata ao norte de Velÿ. Vivia confortavelmente em sua casa e raramente se aventurava para outras regiões, principalmente em se tratando de novas aventuras. Sua ira pelos elfos era inexplicável, sobretudo quando ouvia as mais diversas histórias das impetuosas guerras que aconteceram no passado. Mas sua felicidade é perturbada, quando um sujeito misterioso aparece no jardim de sua casa, dando a ele a missão de destruir as pedras da perdição, criadas pelo mago Cesarem. Estas possuíam uma maldição terrível, transfigurando a todos os que se atrevessem a tocá-la livremente. Mas ele não estará sozinho nesta expedição, sobretudo quando se deparar com os membros da sociedade da prata, escolhidos exclusivamente pelo Senhor das Águias. Diversas charadas terão que ser desvendadas, pois, somente por intermédio de suas respostas, conseguirá localizar as pedras que estão adormecidas. Coisas terríveis acontecerão em seu caminho, tentando impedir que as pedras sejam encontradas. Embarque nessa emocionante aventura em que elfos e anões, centauros e hipogrifos se unirão para destruir o mal que invadiu todo o mundo de Aldiroön.
  


Alguém disse aventura, fantasia e animais incríveis? Então, estão falando comigo! Vamos juntos descobrir sobre esse universo criado por esse escritor de imaginação, no mínimo, grandiosa, e acompanhar as aventuras de Pedro e sua sociedade da prata em busca das pedras que os ajudarão a destruir o mal que assola Aldiroön.


Bom, temos dois mundos criados por Ilumar, o senhor das águias, Calauë, onde ele vivia com animais alados e Aldiroön. Existia também o mago Cesarem, que ficou irado por não ter tanta atenção quanto tinha antes da criação desses mundos, e que passou a plantar a sementinha do mal nas criaturas. Ilumar, quando descobriu, apesar de extremamente desapontado, teve compaixão e apenas expulsou Aldiroön e o condenou a viver nas trevas, no mundo dos seres mortais. Então, Cesarem cria seres malignos que o ajudam a disseminar a maldade e a calamidade sobre aquela terra e depois as pedras da perdição que foram espalhadas por todo aquele mundo.

Essas pedras eram como se fosse a extensão dos poderes, das maldades, da ira e da inveja de Cesarem. Com isso, o mundo caiu em guerras e conflitos, reinos contra reinos e cada vez mais Cesarem se fortificava.

Ilumar assistindo a desgraça de um mundo tão bonito, um que ele havia criado, decide juntar um grupo de seres, que teriam a missão de destruir Cesarem. Uma criatura de cada raça, sendo Pedro o representante dos humanos.

Cada pedra tem um ser capaz de destruí-la sem se corromper, para isso, Ilumar deixou pergaminhos com dicas que os ajudarão a saber para onde ir e quem é o responsável por cada pedra. E, meus amigos, a cada pergaminho aberto, vivemos uma nova aventura, essa foi uma jogada bem assertiva do autor.

Temos também a presença de dois vampiros, Jack e Tony. Nessa narrativa, os vampiros são seres malignos, que servem ao mago, no entanto, esses tiveram sua ligação com Cesarem desfeita por Ilumar e acrescentam muito a jornada dos nossos guerreiros protetores.

Não posso falar muito, porque eu começaria a contar coisas importantes sobre a história, e caso você opte por ler, são detalhes que vale a pena conferir em primeira mão. 

Ao ler esse livro, o enredo nos faz ter uma rápida lembrança da Sociedade do Anel e dos livros de Tolkien, mas nada que desmereça a obra do autor, pelo contrário, nos faz acreditar que temos autores do gênero tão bons quanto os que são de fora. E ainda devo relatar a enorme gama de seres diferentes na história, temos humanos, vampiros, elfos, hipogrifos, anões, centauros... Acho que eram tantos que a gente até se perde, todavia acaba fazendo sentido, quando pensamos no intuito de Ilumar ao criá-los.

O universo criado e o encaixe em cada tema levantado arremata a leitura e nos deixa boquiabertos. Rafael deixa um leque de rumos que ele pode seguir para contar um pouco mais da história de cada ser ali presente, se assim ele desejar.

É incrível como um livro de fantasia pode nos trazer essa gama de carga dramática e de diversidade, além dos temas abordados, como a fé que é o gatilho para a união dessa equipe inusitada.

Magia, aventuras, alguns sustos, personagens para morrermos de amor, outros para desejarmos matar, temos amor, batalhas e o melhor que a fantasia pode nos dar.

Se recomendo? Absolutamente! Não deixem de ler, se tiverem oportunidade, adquiram a obra e se apaixonem por cada um desses seres e por esse rico universo que nos é apresentado.


Classificação:

R. S. Ferreira
FACEBOOK|BLOG
Rafael da Silva Ferreira nasceu no dia 02 de setembro de 1989, na cidade de Alfenas, no interior de Minas Gerais (Brasil). Começou a escrever quando tinha 14 anos de idade, criando algumas histórias para serem apresentadas em peças teatrais. Alguns anos depois, começou a desenvolver vídeos e a trabalhar com informativos no movimento Aliança de Misericórdia em Alfenas. Trabalhou de projetista durante quatro anos, em uma empresa terceirizada da Cemig. Durante cinco anos cursou o bacharelado de psicologia na Universidade José do Rosário Vellano. Neste período surgiu o seu primeiro livro, O Senhor das Águias e as pedras da perdição, que demorou um ano e meio para ser finalizado.

9 comentários :

  1. Segunda resenha que leio deste livro e já foi mais do que suficiente para colocá-lo na lista de desejados!
    Amo o gênero e cada vez que sai algo assim, com tantos elementos bons, não dá pra passar despercebida.
    Reinos, batalhas, fé, seres extraordinários..sem sombra de dúvidas, é um cenário para uma história das melhores!
    E sabe o que mais orgulha? É nossa literatura! Viva o livro nacional!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Fiquei encantada pela sua resenha e pela capa do livro, leria com certeza absoluta, pois trata-se de um dos meus gêneros favoritos e além disso, pertence a um autor nacional, evidenciando mais um talento da nossa literatura. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu sou muito fã do gênero e dificilmente estou lendo alguma coisa que não seja fantasia! A medida que fui lendo sua resenha, o desespero por conhecer eu mesma essa história, foi só aumentando! Dica super anotada e parabéns pela ótima resenha!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro liros de fantasia, com muita magia e historia memorável. Não conhecia o autor e sua obra, mas já estou anotando seu nome pra futuramente adquirir o livro, quando sair no formato físico. Gostei da dica.
    Nizete
    Cia do leitor

    ResponderExcluir
  5. Oiiiii

    Já havia visto uma resenha muito positiva desse livro e parece mesmo ser bem interessante. Adoro fantasias e a premissa dele parece ser das boas.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro nem o autor, mas foi ótimo conferir suas impressões e um pouco do enredo dessa história. Ainda não li nenhum livro da série O senhor dos anéis, mas conheço a história e fiquei impressionada por vc dizer que esse nacional se aproxima da qualidade dele.
    Achei a capa linda. Mas confesso que nos últimos tempos não tenho lido fantasias, mas aceito sim sua sugestão. Beijos e parabéns pela leitura viu!!! Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post! Ganhou mais uma seguidora, já vi que seu blog tem outros posts que me interessam muito e vou conferi-los, seu blog não só tem uma aparência muito fofa como tem conteúdo de alta qualidade, obrigada pela dica!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Adoro um bom livro de fantasia e esse parece viciante, vou anotar a dica ;)
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^