10 de abril de 2018

Resenha: O Protegido – Peter V. Brett.

em 10 de abril de 2018

14 comentários
Título: O Protegido.

Série: Ciclo das Trevas.
Autor: Peter V. Brett.
Páginas: 514.
Ano: 2015.
Editora: DarkSide.
Idioma: Português.
Gênero: Fantasia, romance.
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.

Sinopse: Às vezes há boas razões para ter medo do escuro… Assim que a escuridão cai, os demônios corelings aparecem em grande quantidade, gigantes de fogo, madeira e rocha famintos por carne humana. Depois de séculos, os humanos definham com o esquecimento das marcas de proteção. Arlen, Leesha e Rojer, três jovens que sobreviveram aos ataques demoníacos, atrevem-se a lutar e encarar o perigo para salvar a humanidade. Em O Protegido – eleito um dos dez melhores romances fantásticos de 2008 pela Amazon UK –, a humanidade cedeu a noite aos corelings e são poucos que ainda conseguem se esconder atrás das proteções mágicas, rezando para que elas os conduzam para mais um dia. Conforme os anos passam, as distâncias entre as pequenas vilas se aprofundam. Parece que nada pode deter os demônios ou aproximar a humanidade novamente. Arlen, Leesha e Rojer, crianças nascidas nesses pequenos vilarejos hoje isolados, não se conformam com essa situação. Um Mensageiro ensina ao jovem Arlen que o medo, mais que os demônios, tem paralisado a humanidade. Leesha vê a sua vida perfeita ser destruída por uma simples mentira e se torna uma coletora de ervas para uma velha mulher, mais temida que os demônios da noite. E a vida de Rojer muda para sempre quando um menestrel viajante chega à sua cidade e toca seu violino. Mas estes três jovens carregam algo em comum. São todos teimosos, que não se rendem à realidade imposta a eles e sabem que há muitos segredos e mistérios no mundo além do que lhes contaram. Para descobrir isso, eles terão que se arriscar, abandonar suas proteções seguras e encarar os demônios de frente. Juntos, os três podem oferecer à humanidade uma última, e fugaz, chance de sobrevivência. A impressionante estreia de Peter V. Brett – um dos mais aclamados autores de fantasia dos últimos anos – é uma aventura fantástica que cativa e emociona o leitor ao conduzi-lo a um mundo de demônios, escuridão e heróis. Uma bela metáfora sobre o medo e como precisamos confrontá-lo todos os dias para não deixar que ele nos domine e conduza a nossa vida.



Oi, gente! Tudo bem?

Hoje venho com uma resenha em um estilo diferente do que normalmente trago por aqui: uma dark fantasy. Acredito que foi uma das primeiras que li e já estou apaixonada. Preciso compartilhar com vocês a minha opinião e recomendação!


O que importa é sobreviver!

O Protegido é o primeiro livro da saga Ciclo das Trevas do autor Peter V. Brett. Eu já estou lendo o terceiro volume (A Guerra de Luz) e espero trazer a resenha do segundo e terceiro aqui para vocês também. Mas, chega de enrolação. Do que se trata esse livro?

Basicamente, ele conta a história de como a raça humana se tornou refém de demônios de todos os tipos. Eles aparecem à noite, saindo das Profundas, e espalham terror, morte e tristeza por onde passam. Eles são conhecidos como Terraítas e o único jeito de se proteger é com proteções desenhadas em volta das casas. Mas não é todo mundo que sabe desenhar boas proteções e as proteções de combate, por exemplo, foram há muito tempo esquecidas. Ninguém mais tem esperança de que seja possível combater esses demônios, apenas tentar sobreviver. 

A história de Arlen, Leesha e Rojer

Neste primeiro volume é isso que vamos ver. E eu simplesmente amei a maneira como a história foi ambientada, os personagens foram criando vida e crescendo, amadurecendo… Mais do que isso, adoro quando o autor começa a história isoladamente de cada personagem e depois as histórias vão se entrelaçando e foi isso que aconteceu. 

O livro tem pouco mais de quinhentas páginas e nem vi o tempo passar. Li tudo em menos de uma manhã porque a história é muito boa, envolvente e eu não conseguia parar. A trama é muito bem entrelaçada e não há pontas soltas nessa história.

Começamos com a história de Arlen, que tem 11 anos e o sonho de conhecer as Cidades Livres e aprender as proteções de combate, pois ele já sabe desenhar as proteções muito bem para sua idade, é um talento nato. Quando sua mãe morre em um ataque dos Terraítas, ele deixa tudo para trás em busca de seu sonho. 

Em seguida, conhecemos a história de Leesha, que tem 13 anos e vive um inferno na terra com a sua mãe Elona, e o pai Erny  que não faz nada para defendê-la da mãe. Ela fica amiga da curandeira da vila e aprende os seus ofícios, desenvolvendo-se cada vez mais nessa arte. 

Por fim, conhecemos Rojer, o mais jovem. Sua família inteira morre em um ataque dos demônios e ele acaba sendo apadrinhado pelo menestrel que estava de passagem e passa a aprender o ofício. 

O Protegido

Enquanto vamos acompanhando a história dos protagonistas, conhecemos O Protegido, na história de Leesha. Ele é um homem todo tatuado com proteções e enfrenta os demônios com as próprias mãos, diferente de todas as outras pessoas, que fogem e se escondem atrás das proteções de suas casas. 

Mas ele quer ensinar a todos que é possível lutar e se defender, não apenas se esconder. E que é possível mandar todos os demônios de volta às Profundas. 

Ainda conhecemos alguns personagens secundários nesse livro, como Reena, que terá maior participação no segundo e terceiro livro (e quem sabe nos próximos) e é bem interessante. A maneira como os personagens se relacionam, como os romances se desenvolvem e como a vida acontece nas vilas e aldeias é bem peculiar, pois além de ter que lidar com os demônios e toda desgraça causada por eles, cada personagem tem os próprios demônios pessoais para enfrentar, e é isso o que os torna humanos. 


E em um mundo cheio de demônios, ódio e terror, é bom não perder a humanidade se você quer salvá-la, não é mesmo? 



Classificação:


Um grande beijo e até a próxima!

14 comentários :

  1. Ainda não conhecia o livro,mas gostei demais de tudo que li acima. Adoro livros que trazem aventuras e mesmo por mais malucos que sejam os cenários, estes enredos consigam trazer algum ensinamento que podemos usar aqui fora.
    E este livro parece trazer muito bem isso.
    Me lembrei ao ler a resenha do Caçador de Demônios, um filme que vi tem um tempo.
    Se tiver oportunidade, quero poder conferir a saga!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Engraçado, já vi muitas pessoas falando bem dessa obra, a capa é linda mas não me da vontade de ler nemmm. Apesar dessa sua resenha maravilhosa e desse cenário surpreendente desta vez vou passar a dica.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  3. Amo as edições da Darkside.. E Adoro tanto essa história que eu ganhei a edição especial!

    Adorei sua resenha. Muito bem pontuada e curti que tenha amado o livro tanto quanto eu.

    Beijos.

    www.alempginas.com

    ResponderExcluir
  4. Cenários apocalípticos como o desse livro me chamam muita atenção, é um estilo que me agrada muito, e surge histórias e contos ótimos de enredos assim. Esse livro parece ser ótimo e vai entrar na minha lista de futuras leituras <3. Bjs !!

    ResponderExcluir
  5. Oi Duda, tudo bem? Eu tenho uma amiga que é colaboradora do blog que ama essa série! Eu acho que o autor constrói muito bem esse universo e pela resenha já deu pra perceber que trabalha também muito bem com os personagens. Além de ser Darkside, né? Edições sempre lindas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Olá! Amo fantasia e não conhecia este livro! Adorei a premissa e o mundo que o autor criou. Gostei de saber sobre a evolução dos personagens e de como eles lutam pra sobreviver a esses demônios. Fiquei curiosa pra descobrir como o mundo foi dominado por demônios, e por que aconteceu. Gostei do lance de proteção, com símbolos e tal. Adorei a dica!


    Bjoxx – www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  7. Oiiiii,

    A capa deste livro é maravilhosa! Mas acho que não conheço um livro da DarkSide que não seja assim. Parece ser uma história instigante e que prende a gente, pouco mais de 500 páginas e nem ver passando é algo realmente a se levar em conta. Vou anotar a dica e ver se eu me encanto tanto assim, afinal adoro uma fantasia que prende a gente.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Duda!
    Eu sempre tive interesse nesse livro. Eu só estava esperando terminar de lançar tudo pra saber quantos livros seriam. Ainda bem que é só uma trilogia. Amo dark fantasy e tenho certeza que vou adorar essa também.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não conhecia essa história, mas também não sou muito de ler os livros da Darkside com frequência. A trama parece bem instigante e cheia de reviravoltas, em todo caso vou acompanhar as próximas resenhas para saber o desfecho da história.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Oiii tudo bem??

    Adorei ler sobre essa história, imaginava uma coisa completamente diferente, tanto é que nem tenho esses livros na minha coleção, apesar de ter quase todos da DarkSide.
    Estou começando a repensar e a querer ele na minha estante.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  11. Oi, Duda

    Eu não curto muito fantasia, é bem difícil alguma chamar minha atenção. E também não me interessei muito por conta da idade dos personagens, são muito novinhos.
    E você leu mais de 500 páginas em uma manhã? Me ensina? Ahhahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tudo bom?

    Primeiramente, que capa MARAVILHOSA! Amei real! Eu não sou fã de ler fantasia porque raramente consigo me ver presa na leitura. Achei interessante o fato de que a história de cada um é isolada mas que depois elas se entrelaçam. Fico feliz que gostou da obra, agora vou deixar a dica passar mas amei ler a sua opinião sobre ♥

    Um beijo
    http://romanceerotic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, eu já havia visto a capa desse livro mas ainda não sabia do que se tratava a história. Depois de conferir a sua resenha, achei a premissa super interessante, com isso de proteções e demônios. Você devorou o livro, hein?! Já fiquei querendo ler também.

    ResponderExcluir
  14. Olá Duda!!!
    Eu acho que o Dark Fantasy é um dos gêneros que ainda não li até hoje, mas porque apesar de gostar de todo o enredo este mesmo não me chama muita atenção.
    Fico feliz que este livro seja tão envolvente que você não viu o tempo passar e leu numa manhã.
    O enredo é interessante, mas não é muito do que estou lendo no momento.
    Adorei a resenha ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO