9 de março de 2018

Resenha: Um de Nós Está Mentindo – Karen M. McManus.

em 9 de março de 2018

11 comentários
Título: Um de nós está mentindo.
Seu Desafio: ligar os pontos.
Autora: Karen M. McManus.
Editora: Galera Record.
Gênero: Ficção, jovem adulto, literatura estrangeira, suspense e mistério.
Ano: 2018.
Páginas: 384.
Idioma: Português.
ISBN-13: 9788501112521
ISBN-10: 8501112526
Skoob: aqui.


Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder. Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.

Resultado de imagem para barrinhas.png

Sabe aquele livro que quando vemos a divulgação já formamos a ideia de "QUERO"? Pois, foi exatamente isso que aconteceu comigo em relação a essa obra e tenho que dizer. Não me arrependo em nada!

Que livro... Que história... Que enredo!

Confesso que não conhecia a autora e por conta disso não tinha ideia do que esperar da leitura da obra. Contudo, a divulgação utilizou o marketing de que o livro era uma mistura de O Clube dos Cinco com Pretty Little Liars, Preciso dizer que isso instigou a minha curiosidade?

Suspense e mistério são os gêneros que mais me prendem e me atraem, por isso fiquei fascinada com essa história.

Um de nós está mentindo foi uma grande aposta da Galera Record e me arrisco a dizer que foi uma aposta certeira. Ele é um livro que prende o leitor, instiga e vicia a tal ponto que não se consegue interromper a leitura até que tudo seja resolvido e descobrimos quem é o responsável por tudo.

O livro em si conta a história de cinco adolescentes que não tem nada em comum, apenas estão na hora errada e no lugar errado. Desse lugar, um sai morto e consequentemente quatro são acusados de assassinato. 

Simon é um garoto que não tinha o que queria, queria ser famoso, popular e conhecido por todos no colégio. Mas, infelizmente, não tem isso e o jeito que encontra de ser respeitado é botando medo nos outros, uma pena que ele não se torna respeitado e sim odiado por muitos. Isso acontece porque ele criou um aplicativo de fofocas que lembra muito Gossipo Girl no qual contava todos os podres dos alunos.

Muito bem, o livro se inicia em uma sala d0e detenção, na qual Simon (o odiado), Bronwyn (a nerd certinha), Addy (a patricinha mimada), Nate (o traficante) e Cooper (o astro do beisebol) estão lá pelo que se diz ser uma armação, uma vez que encontraram celulares que não eram deles nas suas coisas.  
Nessa detenção acontece o inesperado, Simon tem um choque anafilático e morre. Muitas coisas nessa morte se tornam suspeitas e o que era para ser um acidente se torna um assassinato que comove e movimenta não só o colégio, mas toda a cidade, posso arriscar a dizer que um país.

Os principais suspeitos? Os quatro alunos que estavam com ele, pois todos tinham um motivo. Todos tinham segredos que poderiam acabar com eles e tudo havia sido descoberto por Simon.  

O que não era esperado é que mesmo após a morte de Simon, o aplicativo agora no tumblr continua a ser movimento e a verdade vem a tona com todos os segredos, ameaças e insinuações de quem havia o matado. Tudo o que era para ter morrido com Simon, vem a tona.

Será que foi realmente um dos quatro? Será que há um quinto elemento?


Afinal... Quem matou Simon?



Falando a verdade, venho me decepcionado muito ultimamente com livros que tentem ser de mistério e investigação policial, uma vez que leio muitos livros do gênero e para quem faz isso, alguns macetes você já conhece e se prestar atenção na história consegue arriscar um palpite de quem matou ou algo do estilo. Não vou dizer que nesse livro a pessoa que faz o enredo acontecer é surpreendente, pois se você prestar bem atenção na evolução das coisas consegue pegar tudo, mas fica aquela coisa no ar de “Será que é isso mesmo ou estou ficando louca?”. Contudo, o que prende é que além da principal descoberta vem todo o resto e isso sim pega o leitor de surpresa. Os segredos são coisas que você não espera e a forma que tudo acontece também não.

Um de nós está mentindo é um livro com personagens estereotipados de forma proposital: Bronwyn é a típica CDF, séria, estudiosa, com um objetivo traçado e focada no futuro, que carrega em suas costas o peso de ser perfeita por ela e por sua irmã que teve câncer no passado, mas hoje está curada. 

Nate é o mais sofrido de determinada forma, tem um pai alcoólatra, uma mãe drogada que o abandonou e está em liberdade condicional por ter sido pego traficando drogas. 

Addy é a típica patricinha que para todos de fora tinha a vida perfeita, o namorado ideal e era popular. Mas por trás... vivia um namoro abusivo e tem uma mãe que acha que está na adolescência com ela.

Por último temos Cooper, o perfeitinho, atleta do ano, a estrela em ascensão, namorado ideal da menina mais bonita do colégio, mas que no fundo era infeliz por ter vergonha de revelar quem ele era mesmo.

Essas quatro pessoas que não tinham basicamente nada que os unisse, tornaram-se vítimas das circunstâncias de um modo que tudo o que um dia fizeram foram botados em check devido aos seus segredos ou atos impensados do passado que trouxeram graves consequências no presente.

Simon é uma questão difícil de abordar, pois o ideal é vocês lerem o livro para saber mais sobre ele. Mas de uma forma geral, sabe aquela pessoa que vive isolada e monta em sua cabeça planos mirabolantes de se vingar dos outros? É ele. É aquele garoto que foi isolado, que é deixado para trás, mas que acredita que a melhor forma de defesa é o ataque e por conta disso joga todos os podres no ventilador, faz bullying e está pouco se importando com as consequências dos seus atos. E isso faz com que a grande maioria do colégio o odeie mais do que tudo.

Entretanto, será que ele merecia morrer por isso?

Algo que vale a pena destacar e que é muito gostoso de acompanhar é o crescimento individual de cada um dos envolvidos nessa situação. Dizem que nada é por acaso nessa vida, e isso que eles passam serve para mostrar quem eles realmente são e que não devem mentir ou se resguardar em prol de uma sociedade preconceituosa ou de uma família conservadora. Nos mostra que o que vale a pena realmente é ser você mesmo independente da situação, que devemos estar com pessoas que realmente querem estar conosco e não apenas por fachada ou por consequência.

Esse é um típico livro escrito para o público jovem, a linguagem dele é bem simples e fluída. Você se envolve com a premissa e a narrativa, pelo fato de a mesma ser em primeira pessoa e quando vê o livro acabou. O mesmo é divido em trinta capítulos e um epílogo, tendo os capítulos narrados por um dos suspeitos e eles são divididos em três partes: Parte 1: Lá vem textão do Simon; Parte 2: Pique-Esconde e Parte 3: Verdade ou Consequência.

Para vocês terem ideia do nível da escrita da autora e da forma com que nos envolve, no meio de uma crise, de um assassinato e das investigações, o leitor se vê torcendo por um romance praticamente impossível e que lhe faz sorrir como um bobo, até mesmo suspirar. Sou dessas que procura o amor em tudo!

Sobre a capa, não tenho o que falar, que coisa mais linda! A foto na capa, dos quatro, respeita as características de cada personagem dando a impressão real de que são eles, o cuidado da editora foi formidável. A diagramações é simples, a fonte está em um tamanho adequado para leitura, mas em contra partida, durante a leitura encontrei pequenos erros de concordância e de digitação, nada que atrapalhe o desenvolvimento da leitura e nem tão frequente.

Recomendo a leitura desse livro, pois não é uma história apenas de assassinato e investigação. Ele nos mostra até onde a internet pode nos levar de forma negativa e o que as pessoas são capazes de fazer quando chegam a um limite. Nos mostra a consequência de uma depressão severa, do bullying e infelizmente da vingança.

Acredito que esse livro, mesmo sendo ficção, é capaz de mostrar para o leitor uma realidade que já existe por trás de muitos adolescentes, não só no Brasil, mas no mundo e que tentam mascarar através de mentiras e dos esteriótipos errôneos que só vem à tona quando algo extremo e sem volta acontece. 

[QUOTES]


A morte misteriosa de um estudante do ensino médio. Quatro colegas de turma com segredos. Quando a polícia não chega a lugar algum, o que virá a seguir?

Agora eis o dever de casa: liguem os pontos. Será que está todo mundo mancomunado ou alguém está no controle? Quem é o manipulador e quem são as marionetes?Vou dar uma pista para vocês começarem: todo mundo está mentindo.Valendo!

Sejamos francos: todo mundo no Colégio Bayview odiava Simon. A diferença é que eu tive coragem suficiente para fazer algo a respeito disso.De nada.

— Ela é uma princesa, e você, um atleta — responde ele, apontando o queixo para Bronwyn e depois para Nate. — E você é um crânio. E também um criminoso. Vocês todos são estereótipos ambulantes de filmes de adolescente.


— Bronwyn Rojas, juro solenemente não assassiná-la hoje ou em qualquer momento no futuro. Combinado?

Classificação: 

11 comentários :

  1. Este livro tem com certeza, dividido opiniões! Li muitas resenhas positivas(como a sua), mas também tenho pego umas coisas bem negativas. E até respeito e entendo, afinal, não é todo tipo de história que agrada a todos.
    Eu vejo a adolescência assim, dividida entre o certo e o errado. Entre o julgar e o achar ruim quando lhe apontam o dedo.
    Mas também há jovens pedindo socorro o tempo todo. Omitindo, mentindo e com isso, fazendo mal aos seus.
    Este livro está na lista de desejados tem um tempinho e não vejo a hora de poder conferir!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Gente, está todo mundo falando maravilhas deste livro e ainda envolve um suspense que eu adoro. As resenhas são só positivos e como cada um tem uma característica sei que vai ser legal porque é como os 13 porques, cada pessoa tem um estilo e isso gera vários caminhos diferentes.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mayara, tudo bem? Lá no blog quem leu foi uma colaborada e ela adorou o livro! Gostei do fato da autora conseguir trabalhar bem os personagens estereotipado e por envolver o leitora na trama. Com certeza eu tb estaria shippando casal hehehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro tem um tempinho porque veio na caixinha VIB e meu deus, que obra! Eu me apaixonei totalmente por Nate, ele, apesar de ser suspeito, é um amor de pessoa, como pode né? Essa aposta foi certeira demais, concordo contigo, amei essa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Oi Mayara, tudo bem? Desde o pré-lançamento desse livro estou louca para ler. Muito bom saber que aborda outros temas além da investigação de quem matou o Simon, para uma leitura juvenil parece que atende a sua proposta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me desperta atenção para o protagonista, preciso ler, só para descobrir quem realmente esse Simon era, não confio nessa vitima. Os quotes selecionados deu uma boa ideia do que esperar da leitura, que quero fazer muito em breve e enfim saber quem matou, o não tão pobre, Simon.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi May! Estou louca por esse livro! Li muitas resenhas e quero ler ele de qualquer jeito! Eu achei demais essa trama que foi criada, na escola, um cara que era responsável por difamar e bulinar muita gente e que de repente aparece morto, numa detenção, com outros 5 alunos que seriam as próximas vítimas. É muito legal! E depois, todo o desenvolvimento dos personagens, a gente tentando descobrir quem foi, quem está mentindo? Como fã de um bom suspense, mal posso esperar pra ler!
    Bjoxx

    ResponderExcluir
  8. Oi May!
    Eu já tinha visto algumas resenhas e tinha ficado muito curiosa pela leitura da obra. Parece bem incrível, com personagens até clichês, mas que a autora soube abordar bem dentro da trama. Estou morrendo de curiosidade pra saber quem matou o Simon! Fico feliz que os modelos da capa respeitam os personagens descritos nos livros, isso não é muito comum! kkk Acho esse um livro importante pra essa era que está... espero ter oportunidade de ler a obra.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Essa será uma das minhas próximas leituras, amo um bom suspense e estou bem curiosa com o desenrolar que a autora deu para esses personagens.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Ouvi e li críticas positivas e negativas para com este livro e ainda não decidi se quero ler. Uma coisa que me chama a atenção é o suspense envolver adolescentes, mas por outro lado, me assusta um pouco que algum deles tenha de fato matado outro amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Estou muito curiosa para ler esse livro, gostei muito da sinopse e vejo só resenha positiva, ele já está na minha lista de leituras e espero que eu consiga mesmo lê-lo.
    Beijuh

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO