19 de janeiro de 2018

Resenha: A Garota do Calendário – Dezembro.

em 19 de janeiro de 2018

16 comentários

Título: A garota do Calendário – Dezembro.
Série: A garota do Calendário.
Livro: 12. 
Autora: Audrey Carlan.
Idioma: Português.
Páginas: 160. 
Ano: 2016.
ISBN-13: 9788576865339.
ISBN-10: 8576865335.
Gênero: Romance, Erótico.
Categoria: Literatura Estrangeira.
Editora: Verus.
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.


SinopseMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em dezembro, Mia irá a Aspen, a estação de esqui mais celebrada pelos americanos endinheirados. Um homem misterioso pagou uma bolada para que ela fosse até lá. E o que Mia vai encontrar nas montanhas geladas vai mudar sua vida para sempre.


Olá gente, tudo bem? Hoje trago para vocês o encerramento da saga da Mia Saunders. Enfim, chegamos a dezembro!

Nesse mês a gente nota que a nossa protagonista está na melhor fase da sua vida. Quem a acompanhou desde Janeiro vai se surpreender com ela em Dezembro. Apesar de ter virado acompanhante de luxo, para sanar uma dívida que seu pai fez, podemos dizer que esse trabalho salvou e ajudou Mia de diversas formas.

Seu pai, apesar de ainda estar internado, está melhor e se recuperando bem. Seu relacionamento com Wes está ótimo e seu quadro – um programa na TV – “Vida Bela” está fazendo um sucesso tremendo.

Como mencionei na resenha de novembro, Mia foi convocada para fazer uma viagem misteriosa a trabalho. Na verdade, um homem pagou para que Mia fosse fazer o trabalho. Como ele viu o sucesso que o quadro dela tem, queria que fosse ela a fazer uma determinada entrevista.

Dessa vez Mia e Wes, junto com a equipe de filmagens, vão desembarcar em Aspen. Ela terá que entrevistar uma artista talentosa e dona de uma galeria, a 4M.

Senhor Kents – o homem que pagou – vai mexer com a estrutura emocional da nossa protagonista, trazendo uma pessoa do seu passado. Não posso falar muito pois seria um grande spoiler. A única coisa que posso dizer é: peguem seus lencinhos!

Nem só de surpresas vive nossa mocinha, além desse suspense temos a parte deliciosa que é o Natal – outra parte emocionante da história –. Pela primeira vez, Mia comemorou o natal da forma que sempre quis: com a família reunida! Não sei vocês, mas conforme eu lia, sentia o cheiro do natal, as músicas vieram a minha mente, o cheiro da comida sendo preparada e o amor exalando no ar, é tão linda essa época, por mim seria natal o ano inteiro.

Em Novembro contamos bastante com a participação da família. Afinal, em novembro eles comemoram o Dia de Ação de Graças, mas Dezembro também tem a família marcando presença, inclusive a família de Wes.

Esse livro foi tão intenso e amorzinho, acredito que poderia ter tido um pouco mais de emoção, mas não deixou a desejar. Foi simplesmente adorável!

Após chegarmos ao décimo capítulo, temos o que? O epílogo! E no ponto de vista de quem? Do Wes – sim, minha gente, meu Wes voltou!

Esse epílogo se passa no dia 1° de Janeiro, mostrando o momento mais aguardado do ano. Esse momento é carregado de vários sentimentos, mas principalmente de emoção. Conseguimos captar a emoção dele vendo o casamento, a noiva e o futuro.

Além do epílogo, temos também um “chorinho” – digamos assim –, intitulado “Onde eles estão hoje?” que são pequenos epílogos, que tem aproximadamente de duas a três linhas e com isso temos as histórias de todos os personagens que passaram pela vida da Mia nesses doze meses!

É galera, chegamos ao final. Não vou falar que esse é meu livro favorito de toda a série, porque não é. Mas não é o pior, essa classificação fica referente a história de Outubro – risos. Como disse acima, a autora podia ter dado mais emoção a história.

A série foi finalizada de forma positiva. Confesso que não criei muitas expectativas, depois de ler outubro, tive minhas ressalvas, porém confesso que esperava um pouquinho mais!

Comecei a ler essa série porque estavam falando muito dela, por ser do meu gênero favorito e foi um “tiro certo”, apesar dos altos e baixos ao decorrer da trama, gostei muito.

Recomendo. A escrita da autora fluiu de uma forma que em um dia você consegue ler os livros. Ela criou personagens muito cativantes, a cada mês eu queria ser amiga de cada um. Altos e baixos existem em todas as séries, e com essa não seria diferente. A única coisa que me incomodou nessa leitura, foi a “repetição” que Mia fazia toda hora em relação ao que sentia por Wes. Mia entrou nessa jornada pelos motivos errados, mas acabou “ganhando na mega sena”.

Quanto à edição, não notei erros que atrapalhassem o seguimento da história. O tamanho da fonte é agradável, as folhas são amareladas, a capa segue o padrão das demais edições dos livros da série.

Até logo, Mia! [Não gosto de dizer adeus]
Até a próxima gente!
Beijos.

Classificação:
[Confira as demais resenhas da série abaixo]

12. A Garota do Calendário - Dezembro.

16 comentários :

  1. Bem, eu juro que tentei ler esta série e não consegui. Li até o mês de Abril e depois de mais uma tentativa de leitura, acabei doando minha coleção para uma biblioteca da cidade.
    Sei lá, não me conectei a personagem Mia. Não via verdade nela. E olha que amo um bom romance erótico.
    Sei que a série agradou leitores demais e me vi como estranha por não ter conseguido achar bom.
    Talvez em um futuro eu volte a dar uma nova chance.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Essa é uma das séries que não tenho interesse em ler.
    Já vi muitas pessoas criticando. Mas que bom que para você não foi decepcionante.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi La!

    Tudo bem? Eu vou confessar que estou bastante ansiosa para ler esta série e fiquei com muito medo de levar um spoiler, então pulei direto para a sua opinião.

    É triste saber que a conclusão da história não tenha te agradado tanto. Depois de onze livros o que espero é que a autora consiga me arrancar o ar no último volume. Acho que esses altos e baixos são quase inevitáveis em uma série tão grande e onde o personagem masculino muda. Eu vejo trilogias assim então que dirá uma coletânea de 12 volumes!

    Pelo menos o final não foi decepcionante sabe? Assim como você eu adoro o gênero e pretendo começar a ler A Garota do Calendário em breve.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Essa série não me chama atenção em nada, seja pela quantidade infindável de livros, sem dizer que acho a trama muito superficial, meio fútil, não me dou com a Mia e olha que nunca li, já tenho antipatia só pelas resenhas que leio. MAs que bom que apesar dos altos e baixo a série te agradou, isso que vale.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Laneeh, tudo bem?

    Então, como acompanhei todas as suas resenhas sobre essa série, você sabe o que penso sobre esses livros, porque já te falei algumas vezes. Confesso que quando vi a premissa, no anuncio de essa série seria lançada, pela primeira vez, ela me chamou a atenção, mas que depois, acompanhando as resenhas por aí, acabei vendo que não era nada do que eu esperava e por isso nem me atrevi a ler. Ainda assim, fico contente que você tenham curtido e que tenha tido, dentro das possibilidades, um desfecho legal.

    Beijooo!

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?

    Achei o blog uma fofura! Parabéns (:

    A Garota do Calendário é uma série que tem passagem de graça na minha vida. Se trata de um gênero que me incomoda bastante e devido a isto criei uma barreira com esta série. Além do mais, ainda que desse uma chance à leitura, não sei se conseguiria prosseguir pelos 12 volumes.

    Sei que existe uma legião de apaixonados por A Garota do Calendário e fico bastante feliz de tê-los agradado de uma forma especial.

    Bom é isso. E que bom que foi uma experiência positiva (:

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi Laneeh, como está?
    Eu li toda a série em pouco mais de alguns dias e para o que ela se propôs, gostei muito. Não nego, entretanto, que teve altos baixos e que em alguns livros do meio pra frente a escrita dela deu um bom salto de qualidade.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky
    http://galaxiadeideias.com
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, apesar de gostar de romances, eu ainda não comecei a ler essa série. Que bom que para você o desfecho foi satisfatório. Muito boa a sua resenha.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu preciso continuar essa série, tenho todos os volumes mas parei em julho e não peguei mais pra leitura. Porém esse ano terminarei porque quero ver como vai ficar o relacionamento dela com Wes.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Ooi,
    Apesar da divulgação enorme dessa série eu nunca me interessei muito. Gostei das suas impressões sobre o final da série, não imaginava que o livro terminaria amorzinho desse jeito ahah. Vou deixar a dica passar mas adorei o post.

    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Eu estou em Julho ainda, mas muito ansiosa para terminar a série, só que mesmo os livros sendo pequenos me falta tempo e confesso que Junho (Junho mesmo?) me tirou um pouco a paciência e fiquei decepcionada com a protagonista. Não espero profundidade emocional então não me decepciono nesse aspecto com a história, mas seu comentário sobre Outubro me deixou apreensiva. Espero terminar logo essa história e ler esse epílogo, porque Wes é muito amor neh?! <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi!

    Eu não sei até hoje como consegui ler essa série inteira, parando pra pensar hoje em dia, não gostei nenhum pouco, porque os problemas que tratavam não tinha profundidade nenhuma. Dezembro me decepcionou feio também, apesar do desfecho feliz e positivo. :/ haha

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oieee, tudo bem??? Olha, assim que essa série apareceu eu fiquei mega curiosa em ler. Depois de tantas críticas e de tanta falação acabei pegando um ranço pq achava que era tipo um 50 tons de cinza da vida. Ok, ja vi que me enganei porém não curto muito essa pegada hot. Ainda tenho vontade de ler, mas quando penso nos 12 livros -mesmo curtos- eu desanimo hahaha. Bjosssss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    preciso terminar essa série. Parei a leitura em maio porque peguei ranso da Mia, tudo na personagem me soa falso e eu não estava conseguindo dar prosseguimento mas como já tinha comprado todos os meus livros aproveitei para ler as últimas páginas de dezembro porque estava bem curiosa para saber o desfecho e a impressão que tive é que a série toda é regular, não tem nada demais e o final de tão clichê me desanimou ainda mais. Mas como meu dinheiro não é capim, vou fazer valer e ler os livros que já estão aqui.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo com?
    Eu já li a série toda da Garota do Calendário e vou te dizer que no fim eu vi que não me acrescentou em nada. Sabe aquele livros que você lê e diz, tá e daí?, pois foi isso que eu senti no fim. Não é que eu não tenha gostado, mas também não foi nada demais.

    Com tudo que ela passa, o fim é tão previsível desde o segundo livro que eu li só porque os livros já estavam ali. Mas uma coisa eu tenho que elogiar, a leitura é bem rápida, não tem muita enrolação nos livros, visto o tamanho pequeno de cada volume.

    Beijos.

    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá ♥
    Eu abandonei a série se não me engano em Abril ou Maio, não recordo só sei que é quando ela vai para o Hawaii. Ei peguei um ranço da Mia sem igual para mim ela foi imatura tendo " ciumes do casamento da irma, poxa ela tinha que ficar feliz, tudo bem a irmã dela era nova e tudo mais e ela que sempre criou, mas custava ficar feliz ? Para mim ela sentiu foi uma pitadinha de ciumes, fez um lindo escândalo quando descobriu que a irmão não era mais virgem, olho só quem é ela para botar moral em alguma coisa, né?
    Mas o que mais me deixou indignada com a Mia, foi ela achar ruim que o Wes estava seguindo a vida dele sendo que ela que mandou enquanto ela não estava perdendo oportunidade nenhuma da ir para cama com os contratantes dela. Por isso dei um tempo, lendo sua resenha fiquei com vontade de voltar a ler, mas não pela Mia, mas sim pelo Wes e por que no fim vamos saber como está cada casal, por que da Mia eu já não espero mais nada.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO