20 de novembro de 2017

Resenha: Todas as Garotas Desaparecidas.

em 20 de novembro de 2017

22 comentários
Título: Todas as Garotas Desaparecidas.

Autora: Megan Miranda.

Série: All The Missing Girls #1.

Editora: Verus.

Gênero: Ficção, Literatura Estrangeira, Suspense e Mistério.

Ano: 2017.

Páginas: 294.

Idioma: Português.

ISBN-13: 9788576866183.

ISBN-10: 8576866188.

Skoob: aqui.

Cortesia da editora para resenha.

Faz dez anos que Nicolette Farrell deixou Cooley Ridge, sua cidadezinha natal, depois que sua melhor amiga, Corinne, desapareceu sem deixar rastros. De volta para resolver assuntos pendentes, Nic logo se vê imersa em um drama chocante que faz o caso de Corinne ser reaberto e remexe em antigas feridas. 

Logo ao chegar, Nic descobre que seu namorado da época está envolvido com Annaleise Carter, a jovem vizinha que foi o álibi do grupo de suspeitos para a noite do sumiço de Corinne. E então, poucos dias após a volta de Nic, Annaleise desaparece. 
Agora Nic precisa desvendar o desaparecimento de sua vizinha e, no processo, vai descobrir verdades chocantes sobre seus amigos, sua família e o que realmente aconteceu com Corinne naquela noite, dez anos atrás.

Todas as Garotas Desaparecidas é um suspense psicológico impactante — contado de trás para frente. Quando você pensa que está seguindo por um caminho conhecido, Megan Miranda — autora revelação no gênero do suspense — vira tudo de cabeça para baixo e nos faz questionar até onde estaríamos dispostos a ir para proteger aqueles que amamos.


Hoje vou ter o prazer de falar de um livro que chegou até mim de forma surpreendente. Sim, eu estava trabalhando, quando cheguei em casa o correio havia passado e me deixado um pacotinho de amor. Então, quando abri quase cai para trás assim que vi que a Editora Verus havia me enviado um "presentinho".

Confesso que antes de recebê-lo, não conhecia nada sobre esse livro, mas é impossível negar que a capa é simplesmente maravilhosa, assim como a sinopse é completamente envolvente. Com isso, fiquei completamente alucinada para ler, pois amo esse tipo de thriller.

Todas as Garotas Desaparecidas conta a história da Nicolette, uma jovem nascida em uma cidade pequena que sempre sonhou em crescer na vida e para isso acreditava que deveria sair daquela cidade. Entretanto, a jovem jamais imaginou que o start para a sua mudança de vida seria o sumiço da sua melhor amiga, Corinne.

O livro se inicia dez anos depois do ocorrido. Nic agora tem 28 anos, é uma mulher independente, formada, com um emprego estável e noiva de um advogado rico. Só que ela não imaginava que teria que retornar para Cooley Ridge, ainda mais para tratar de alguns assuntos pendentes envolvendo a sua família, e com isso o fato de que encararia de frente um passado que fez de tudo para enterrar.

As coisas na sua cidade natal não estavam fáceis para Nic, tudo piorou quando sua vizinha mais próxima, e atual namorada de seu ex, desapareceu sem deixar rastros, assim como Corinne. 

Suspeitas, intrigas, revelações e segredos!

Megan criou uma trama bem fechada, sem falhas ou arestas abertas que deixa o leitor com a respiração suspensa nos últimos capítulos da trama tentando imaginar o que aconteceria a seguir. Confesso que jamais imaginaria um final como o que encontrei.

Entretanto, devo fazer certas ressalvas.

Pela sinopse, temos a ideia de ter em mãos um livro com uma premissa completamente alucinante, mas, infelizmente, no decorrer das páginas, não foi bem isso que encontrei. A autora tinha tudo para nos apresentar uma história incrível: A premissa é envolvente e o modo que ela escolheu para narrar a história é inovador. Porém, quando realizei a leitura da obra, tive uma leitura bem lenta e arrastada, exceto no final, quando a ação realmente começou a acontecer.

O método inovador de narrativa que citei acima,  é que a autora optou por narrar os acontecimentos de trás para a frente. No início, isso me deixou um pouco confusa, todavia, no fim deu tudo certo e achei bem fantástica a ideia, pois com o regressar dos dias, as coisas foram fazendo muito sentido e arrisco dizer que esse foi o charme de toda a premissa, pois literalmente deixou o melhor para o final.

O problema de a leitura se arrastar, para ninha pessoa, acredito que aconteceu porque não consegui me identificar com nenhum personagem da trama. Deu a impressão de que faltavam sentimentos, e em alguns momentos tive a sensação de que as coisas aconteciam rápido demais, enquanto outras se arrastavam por tempo demais.

A escrita de Megan é bem simples, o livro é narrado em primeira pessoa pela própria Nic, e tive a sensação de que os capítulos eram longos demais. 

Quanto a edição, temos um trabalho impecável da Verus. O livro é simples, mas de muito bom gosto, pois a cada inicio de capítulo tem o desenho de uma roda gigante junto ao título do mesmo. A capa do livro é a coisa mais linda do mundo e totalmente condizente com o que encontramos em seu interior.

Vale ressaltar que o livro é dividido em 3 partes: antes dela voltar para a cidade, o sumiço de Annabele (que é onde temos a história narrada de modo regressivo) e a conclusão de tudo. Para mim, a melhor parte do livro é o final da segunda parte, junto com o início da terceira.

Apesar de todas as ressalvas que fiz sobre a obra, a recomendo, pois ela nos mostra que ninguém é 100% bonzinho, que todos temos segredos e algo a esconder. Sem contar que, por mais escondidos que você acredite que os seus segredos estão, um dia, tudo virá a tona!

Só uma perguntinha...

O que vocês seriam capazes de fazer por amor?

[Quotes]

Éramos uma cidade cheia de medo, em busca de respostas. Mas também éramos uma cidade cheia de mentirosos.

— Isso, Nic, isso mesmo — disse ele. — Você muda. Mas o passado, ele ainda está lá. A única coisa em movimento é você.

Não há nada mais perigoso, nada mais poderoso, nada mais necessário e essencial para a sobrevivência do que as mentiras que contamos a nós mesmos.

Classificação:

22 comentários :

  1. Olá Mayara, tudo bem?

    Eu deixei este título na lista de amigo secreto agora do final de ano, mas não tenho certeza se fiz uma boa escolha. Costumo enjoar da leitura de livros com capítulos extensos demais, pois acabo me perdendo na leitura. Minha memória já não é como antes, então já viu, rs. Mas fora isso, o enredo acabou prendendo minha atenção, então talvez não tenha sido uma má escolha, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Já perdi as contas de quantas resenhas li deste livro,mas já tinha colocado na lista de desejados desde a primeira..rs
    Eu adoro um bom suspense e mesmo que autora tenha se arrastado um pouco nas descrições, ainda quero muito saber do mistério que envolve não só a moça,mas também toda a cidade.
    A capa é realmente um espetáculo à parte e eu espero ler a obra em breve!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Vou concordar, a capa é maravilhosa rsrs
    Normalmente eu não leio sinopse, para não ter uma impressão errada do livro ou me frustrar, mas eu coloco na minha lista de desejos pela forma inovadora que você mencionou, nunca li nada do tipo.

    Beijos
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Essa é a primeira resenha que leio deste livro e confesso que ele até chama a minha atenção, mas não sei se é uma leitura que eu faria no momento, pois estou com outras prioridades literárias. Gostei de conferir seus comentários e obrigada pela resenha!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mayara!
    Não curti a premissa, a capa não me atraiu, muito menos a sinopse. Embora você recomende a leitura, mesmo com as ressalvas, acho que dessa vez vou passar essa dica.
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Oi! Realmente, parece um livro bem bacana e desde que vi essa sinopse fiquei interessada. Pena que a leitura tenha sido lenta para você, mas acho que é costume de quem cria sinopses fazer elas parecerem eletrizantes né. Bem diferente esse método da narração de trás para a frente, mas fiquei instigada a experimentar.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mayara!
    Quando a Verus lançou esse livro, fiquei muito interessada na história. Adoro thrillers e achei muito diferente a forma como a autora narra a história. Eu ainda não consegui ler, mas espero que consiga logo.
    E a questão de ser um pouco devagar a leitura, acho que depende bastante de leitor para leitor, então ainda fico com as expectativas altas.
    Bjsss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Essa é a primeira resenha que leio do livro. Tinha visto somente algumas coisas na página da editora, mas não conhecia muito sobre o enredo da obra. Parece ser bem legal e já estou com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?

    A capa desse livro é realmente linda e fiquei super curiosa sobre a história depois de ler a sinopse. Eu achei diferente essa ideia de contar os acontecimentos de trás para frente, fico imaginando como a narrativa fluiu e deu certo desse modo.
    A premissa é ótima, mas é uma pena que não deu para se identificar com os personagens e que, em alguns momentos, foi uma leitura bem lenta e arrastada. Eu não gosto de capítulos muito longos, mas quando o final é supreendente, eu não vejo problema. Se consegue me surpreender quando a leitura termina, não acho que é um desperdício, rs.

    Enfim, adorei a resenha e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá amore,

    Simplesmente encantada com essa capa.
    Não conhecia o livro até então, mas já curti o que vi por aqui!
    Suspense... to precisando dar mais espaço em meio as minhas leituras!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Já foi pra minha lista de desejos!
    Adoro thrillers e essa capa é realmente maravilhosa, adorei seu post e já tô morrendo de vontade de conferir essa leitura. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  12. Oi Mayara,
    quero muito ler esse livro. Inclusive estou aguardando meu exemplar chegar aqui em casa, estava super ansiosa para conhecer essa história mas depois da sua resenha já começo a dosar minhas expectativas porque esse negócio de ritmo de narrativa é algo que pode tornar uma leitura perfeita ou não e pelo que entendi atrapalha um pouco a história, né? Espero não me incomodar tanto quando chegar a minha vez de lê-lo.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  13. OI!
    Quando esse livro estava sendo lançado eu fiquei bem animada pra l~e-lo, já que estou nessa vibe de suspense e tals.
    Mas assim como a sua resenha, todas outras que li foram bem desanimadoras, todos achando a leitura arrastada e impossível de se conectar com os personagens.
    Por isso deixo essa leitura passar, não vale a pena com tantos livros incríveis por aí

    ResponderExcluir
  14. Olá! Confesso que esse livro me deixa um pouco receosa pela narrativa de trás pra frente, fico com medo de ficar completamente perdida e não conseguir me conectar com o livro. Os pontos negativos abordados por você me deixou bastante desanimada, mas ainda assim, pretendo realizar essa leitura pelos pontos que você disse que são bons, rs. Enfim, foi ótimo conferir suas impressões e a resenha está incrível. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro, mas fiquei bem interessada nesse livro, confesso que eu já desejava ler só por conta dessa capa, agora que sei mais sobre a história só fiquei mais animada.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu vim ler essa resenha, porque eu to na metade do livro, e até agora achei muito parado. Me ajuda, será que termino?

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Adorei a capa e a sinopse.Adoro livros de suspense pena que a leitura é arrastada.
    O que eu faria por amor?
    Depende do amor,pela minha família tudo pelas outras pessoas nada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Uma pena quando o autor não acerta a mão, mas o fato de não nos envolvermos com a protagonista também quebra o ritmo. Não gosto de narrativa arrastada, mesmo que o final isso tenha sido superado, eu não encaro a leitura.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Logo que esse livro foi lançado, quis fazer essa leitura, mas fui desanimando porque tenho visto que essa sinopse eletrizante não é encontrada no decorrer das páginas e isso me desanima pra caramba :(
    Gostei muito da sua resenha e entendo você ter curtido, até certo ponto, mas acho que eu não vou curtir muito não :(
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro e concordo com você sobre a capa, é maravilhosa! A premissa não é muito o meu gênero, mas devo admitir que a sua resenha atiçou a minha curiosidade sobre. E eu não faço a minima ideia do que faria por amor afinal nunca me apaixonei haha Adorei o post ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  21. Oii!!
    Também achei a capa muito linda. Que pena que você não conseguiu se apegar a nenhum personagem. Eu também tenho esse problema, quando não me identifico com nenhum personagem, começo a querer deixar o livro de lado. Fiquei interessada em ler, mas vou considerar suas ressalvas. Fiquei com vontade de saber mais sobre o sumiço de Corinne.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Como eu amei esse livro! Sério, nunca mais tinha lido uma obra que me trouxesse tanto estigma e propusesse ficar vidrada do inicio ao fim. Amei muito, apesar de a leitura ser narrada em primeira pessoa. Confesso que sim, eles se arrastam muito por serem longos demais, nem por isso o enredo e a escrita da Megan perde o seu brilho.
    Beijos

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO