26 de setembro de 2017

Resenha: As cores do Amor – Camila Moreira.

em 26 de setembro de 2017

14 comentários
Título: As Cores do Amor.
Autora: Camila Moreira. 
Ano: 2017.
Páginas: 320.
Idioma: Português.
Editora: Paralela.
ISBN-13: 9788584390823.
ISBN-10: 8584390820.
Gênero: Romance, Ficção.
Categoria: Literatura Brasileira.
Encontre no Skoob.
Compre: aqui.

Cortesia / Paralela / Autora Parceira LT 2017.

Sinopse: O que define uma pessoa? O dinheiro? O sobrenome? A cor da pele? Filho único de um barão da soja, Henrique Montolvani foi criado para assumir o lugar do pai e se tornar um dos homens mais poderosos da região. No entanto, o jovem se tornou um cafajeste aos olhos das mulheres, um cara egocêntrico segundo os amigos e um projeto que deu errado na concepção do pai. Quando o destino coloca Sílvia em seu caminho, uma jovem decidida e cheia de personalidade, Henrique reavaliará todas as suas escolhas. O amor que ele sente por Sílvia o fará enfrentar o pai e transformará sua vida de uma maneira que ele nunca pensou que fosse possível. Um sentimento capaz de provar que nada pode definir uma pessoa, a não ser o que ela traz no coração.


Oi gente, tudo bem com vocês? Espero que sim... Hoje vou falar do novo livro da Camila Moreira, As Cores do Amor. Vamos lá?!


Desde que terminei a leitura do livro, estou sem saber o que escrever sobre. Sabe aquela história que bate com tudo na nossa “cara”? Então, é a desse livro! Esse enredo nos trás um assunto que muitos, infelizmente, se negam a crer que existe, o racismo.

Nessa história vamos conhecer Sílvia e Henrique. Ambos têm uma vida muito diferente.

Henrique é filho de Enzo Montolvani e desde sempre só faz as coisas para agradar o seu pai frio e cruel, atendendo a tudo que ele deseja. Enzo nunca amou Henrique como deveria, queria que o filho fosse como ele, que amasse a fazenda e seguisse seus passos quando ele morrer.  Porém, Henrique não lembra em nada o pai. Doente como estava, Enzo passava dos limites, “abusando” da boa vontade de seu filho. Henrique crescera sem amor, já que a mãe falecera e o pai é um monstro. Criando animais e produzindo soja, foi assim que a família Montolvani criou sua fortuna.

Já Silvia não vem de uma família tradicional. Ela foi abandonada pela sua mãe depois que o pai morreu e nunca mais teve notícias dela. Tendo que cuidar da sua irmã mais nova, nossa protagonista sofreu preconceito também por conta da cor de sua pele. Sem se deixar abalar, Silvia criou uma força e foi batalhando por tudo e mostrando para sua irmã que a cor de sua pele não era o problema.

No passado, Silvia sofreu muito por amor, e por conta desse sofrimento acabou se fechando e não desejando amar outra vez, para não ter que sofrer tudo de novo. Ela só não contava com o fato de que o destino fosse colocar Henrique em seu caminho.

Henrique, apesar de ser filho de um rico fazendeiro que faz de tudo para não ver o nome da família na lama, nunca se importou com dinheiro e futilidades, lógico que ele se passava por playboy, mas ele queria viver de forma intensa e com certa liberdade. Tudo o que fazia, até então, era para agradar o seu progenitor.

Essa história me surpreendeu por se tratar de um assunto real, da nossa atualidade, com o qual, seja ele de que viés for, é muito presente no dia-a-dia das pessoas. A autora soube colocar no papel como é na realidade, ao menos é isso que ela nos faz sentir, e creio, verdadeiramente, pelos relatos reais que acompanhamos nas redes sociais e etc, que é exatamente isso mesmo.

Ver a Silvia sofrer na história só me deixou mais triste ainda, por saber que isso realmente acontece. Mas, o melhor, digamos assim, foi conseguir sentir que ela, a nossa protagonista, não se deixou abalar por causa disso, soube tirar de letras e nos passar uma mensagem importante sobre esse tema. Uma personagem muito bem construída e forte, é o que temos aqui.

Henrique é um personagem romântico demais, confesso que até um pouco irritante. No entanto, com a vida que teve, não o culpo por ser assim, mas preciso dizer que senti muita vontade de estapea-lo – risos. 

As personagens, no geral, tanto os principais quanto os secundários são bem construídos e cativantes, consegui me conectar a alguns deles e também tem os que conquistaram a minha “raiva” com a mesma facilidade.

Não quero me prolongar no quesito premissa da obra, porque vocês já notaram que as cosias não são fáceis nesse livro: Personagem de origens diferentes, família preconceituosa – versus – protagonista negra que precisa mostrar para esse povo que nada justifica o cruel racismo, enfrentá-lo, buscar superá-lo e ver no que vai dar o fim dessa história de amor.

O enredo nos leva a experimentar os mais variados sentimentos, vamos com facilidade da raiva ao amor, da tristeza ais risos. Tudo no seu devido momento, sem atrapalhar a leitura. Camila Moreira trouxe-nos, mais uma vez, personagens novos e fez a gente matar um pouco as saudades de outros com maestria. Com sua escrita leve, fluída ela nos prende a cada linha. Ela também continua mantendo a sua marca registrada nesses romances com os quais nos presenteia, nas cenas eróticas, mantém o uso de uma escrita vulgar, porém nada que atrapalhe a leitura, e para quem curte o gênero vai gostar.

Esteja preparado para essa leitura, porque esse é um romance intenso, com barreiras e superações, e também porque quando querem, Silvia e Henrique vão levá-lo ao limite ao decorrer da trama, se é para irritar, eles conseguem.

Sobre a edição, a capa é condizente com a história. Não achei erros que atrapalhassem a leitura e a diagramação está ótima. As folhas amareladas estão presentes e a fonte tem um tamanho confortável para leitura.

Enfim, gente, vale a pena leitura. Eu realmente indico! É um livro que vai lhe tirar da zona de conforto, principalmente se você acha que o racismo não existe mais ou que ele é leve. Lembre-se: O racismo se disfarça de várias formas, e apesar de você achar que algumas coisas são apenas ficção, elas são bem intensas e reais para quem passa por isso. É um livro que vem para abalar a sua estrutura sobre um assunto que merece atenção e que merece ser debatida a exaustão. Empatia é a palavra chave do que esse enredo vem nos trazer. Leiam de mente aberta!

É isso, e até a próxima.

Classificação:


Nota: Em nome do blog, quero agradecer o livro, que veio em forma de cortesia da autora, Camila Moreira, nossa parceira neste ano de 2017. Também a Editora Paralela que contribuiu para que essa cortesia chegasse as nossas mãos.

14 comentários :

  1. Ola,
    Então, tenho muita curiosidade de conhecer essa nova obra da Camila. Li o livro 8 segundos dela e gostei muito de sua escrita. Nesse outro livro parece que ela continua boa e tem um pano de fundo bem importante com uma pitada de romance. Com certeza, quero ler está na minha lista de desejados.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ola lindona, o tema do livro já chama atenção e nada como fazer uma leitura que reflete os problemas em sua total realidade envolvendo o leitor e nos emocionante com as dificuldades, acredita que ainda não li nada da autora. Acho que vou começar com esse livro. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito dos livros da Camila e assim que vi esse livro já sabia que precisa dele na minha estante. Essa é a primeira resenha que leio dele e estou encantada. Espero poder ler em breve. Sobre o exagero de romantismo nos mocinho da Camila, eu havia notado isso em outros livros dela e até me incomodei um pouco pq foge do normal, mas no fim a forma como ela nos envolve com sua escrita acabando deixando esse incômodo bem insignificante diante do descortinar de da trama.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  4. Olá! Já fiz a leitura da obra e simplesmente adorei também! A premissa do racismo é bem trabalhada e realmente faz o leitor sofrer. Silvia é realmente uma personagem cativante, forte e bem construída. Também adorei a forma como a autora trabalhou os personagens secundários, principalmente como nos fez sentir ódio do pai de Henrique (e daquela amiga dele insuportável e também do professor de Silvia). Amo romances intensos e cheios de drama e achei bem real a forma como Silvia "foge" para dar uma solução ao caso. Gostei demais do desfecho.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho sérios problemas com essa autora. Eu li os livros amor não tem leis e achei péssimos.
    Isso me deixou mega receosa de ler os demais titulos da autora.
    Pela sua resenha, a obra parece ser boa, mas por enquanto ainda não me sinto na vibe de ler algo dela.
    Entretanto, bom saber dessa, porque realmente não conhecia ainda.Beijo!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/
    Nunca diga nunca, então, quem sabe um dia... rs

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Com certeza racismo é algo que precisa de atenção e realmente existe! Nossa, existe alguém que acha que não? Aff!
    Adoro livros com esse tema então super amei a dica, ainda não conhecia. Bela resenha. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Nunca li nada da autora, todos falam muito bem de suas histórias, mas ela não despertam minha curiosidade, tirando que sempre tenho a impressão de se tratar de livros hot e por isso acabo sempre me distanciando das histórias dela!

    BJss

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu já tive a oportunidade de ler alguns livros da autora, e gosto muito da forma como ela conduz a história e o romance.
    Muito bom!
    Espero fazer a leitura desse em breve.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Fiquei bem interessada no livro por ele expor uma problemática dos dias atuais e que muitas pessoas negras ainda precisam enfrentar.
    Espero que este livro possa, pelo menos, contribuir para que as pessoas pensem mais conscientemente sobre o assunto do racismo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Oiii tudo bem??

    O tema é muito forte e complicado, infelizmente está presente até nos dias de hoje, o que não deveria. Não conhecia o livro e espero poder ler em breve.
    Que bom que o livro agradou.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a autora e nem o livro parece ser uma história bem intensa pois tratar de um tema como esse é bem difícil. Vou por na lista.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Ainda não li nada da Camila, mas parece ser uma ótima leitura, vou deixar anotado aqui na minha lista!

    ResponderExcluir
  13. Ola flor, tudo bem?
    Caraca que livro! Caraca que personagens! Caraca que resenha! Quero pra ontem! Realmente, pelo pouco que você contou, parece ser um daqueles livros que vem, te dá um tapa na cara e depois sai andando! Que magnifico! Uma lição de vida, não?
    Obrigada pela dica,
    bjus

    ResponderExcluir
  14. Heiii, tudo bem?
    Eu ainda nao li nada da Camila Moreira, mas eu sou super curiosa para ler um dia.
    Ainda nao tinha lido nada sobre esse livro novo dela e estou surpresa pela historia, é do jeito que eu gosto.
    Quero ler 8 Segundos antes e depois vou pegar esse.
    Amei a capa.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^



TOPO