Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

1 de agosto de 2017

Cinema & Tal: Baby Drive – Em Ritmo de Fuga.

Título original: Baby Drive.
Data de lançamento: 27 de julho de 2017. 
Duração: 1 hora e 53 minutos.
Direção: Edgar Wright.
Elenco: Ansel Elgort, Lily James, Jamie Foxx e mais...
Gênero: Ação, Policial, Suspense.
Nacionalidades Reino Unido, EUA.

Não recomendado para menores de 14 anos.

Sinopse: O jovem Baby (Ansel Elgort) tem uma mania curiosa: precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância. Excelente motorista, ele é o piloto de fuga oficial dos assaltos de Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de deixar o cargo, principalmente depois que se vê apaixonado pela garçonete Debora (Lily James).

  
Olá!!! Nana aqui para mais uma resenha de filme! E hoje vamos pegar a estrada com aquela trilha sonora incrível, tudo isso para falarmos de Baby Drive, ou, em português, Em Ritmo de Fuga, um filme dirigido e roteirizado por Edgar Wright.

Coloque sua trilha sonora favorita para tocar, seus fones de ouvido, e segue lendo!

  
Em Ritmo de Fuga conta a história de Baby (por isso que preferi o nome do filme em inglês), um ás no volante, um motorista com grandes habilidades e muitas peculiaridades, como seu uso constante de fones de ouvido, escutando músicas, ou a utilização de óculos escuros.

Baby participa de assaltos como motorista, o que acaba sendo uma grande tarefa, talvez a principal, de tirar os outros do problema. Para evitar spoiler, que sei que vocês odeiam, não vou contar os porquês e nem falar sobre o passado de Baby, que é abordado durante o filme.

Vamos direto aos pontos altos do filme, Em Ritmo de Fuga está nas mãos de um grande diretor, um dos atuais favoritos dos cinéfilos, o que coloca um grande peso sobre esse filme, dentre a lista de filmes que Edgar colocou as mãos, posso apontar dois que estão dentre os que mais gostei: Scott Pilgrim contra o mundo e Homem-Formiga; nesse último não teve tanta influência de Edgar por ele não ter dirigido, e no caso de Baby Drive a direção é um show à parte.

É o tipo de direção que tanto numa cena mais lenta como mais rápida pode te causar arrepios, e digo isso porque Edgar conseguiu juntar o compasso da trilha sonora com cada cena do filme. Não preciso nem falar que a trilha sonora é de grande importância para o filme. Ela é um dos carros chefes e que vai dar a cadencia que diferencia esse filme de tudo o que você já viu sobre assaltos e corridas incríveis de carro.

A trilha sonora e a direção de Edgar colocam um roteiro simples em outro patamar, dando uma nova faceta para esse tipo de filme, mas tem algo a mais que precisa ser pontuado, a construção dos personagens.

Temos personagens para todos os gostos: o durão doce que guarda aquela loucura, o maluco desvairado, o chefe com sacadas espertas, a bonitona durona e por assim vai, podemos até mesmo ver alguns clichês, mas não em Baby. Ah, Baby!

Que personagem fabuloso esse, Baby é aquele tipo de personagem que tem tantas peculiaridades que te fazem querer conhece-lo cada vez mais. Ele é apaixonante! E o filme não leva o nome dele à toa, todo o ritmo do filme é introduzido às cenas por ele, pelo o que ele está escutando e quando se entende o porquê do personagem a empatia só aumenta.

Mas não crie expectativas sobre esse filme ser uma história de ação louca só com manobras de outro mundo, não, Em Ritmo de Fuga fala mais do que sobre assaltos, em certo momento do filme a cadencia alucinada parece amolecer e você tem uma história mais suave, como uma calmaria antes da tempestade.

Não é à toa que esse filme está com 97% no Rotten Tomatoes da crítica especializada, mesmo o ponto mais baixo do filme, que em minha opinião foi o roteiro, ainda assim é muito bom.

Para quem já assistiu ao filme e saiu do cinema querendo o nome da primeira música de perseguição, aqui está: Bellbottoms The Jon Spencer Blues Explosion. Estou apaixonada pela trilha sonora desse filme!

É isso aí! Espero que tenham curtido a resenha e vão logo assistir a esse filme, ele é incrível! E já sabem: se já assistiram, deixem nos comentários o que acharam e se não viram, sério, vão logo! Risos.

[Trailer]


Beijinhos e até a próxima!


10 comentários :

  1. Oi.

    Vi o trailer desse filme esses dias, apensar de ter achado bem parecido com Velozes e Furiosos. Pelo trailer parecia ser bem legal. Mas quando vamos ver o filme, é bem diferente do mostrado no trailer. Como não tenho interessem em vê-lo no cinema, vou esperar para poder assistir em casa.

    ResponderExcluir
  2. Quero mto ver esse filme. Vi o trailer e adorei a pegada do filme, e amei o protagonista que parece ser divertido é ao mesmo tempo ousado.
    Achei a premissa mto interessante e só pela sua animação da Nana acho que vou amar.

    ResponderExcluir
  3. Oii...
    Eu vi o trailer desse filme tem alguns dias. Parece ser bem legal, e pela sua resenha, fiquei com mais vontade de assistir. Parabéns pela resenha muto bem construída.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oie amore,
    Poucos são os filmes que eu paro pra assistir, não conhecia esse ainda, mas já fiquei curiosa.
    Adorei sua resenha e me interessei pelo filme já!
    Mesmo lendo os pontos ruins que você mencionou, acho que vale a pena dar uma chance!
    Beijokas

    ResponderExcluir
  5. Ei Nana, Eu vi o trailer desse filme esses dias pelo face e fiquei super interessada, só pq tinha o Ansel Elgort(Augustus)não vou mentir, agora com sua resenha fiquei ainda mais interessada. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana,
    Não curto muito filmes, mas quando o assunto é terror ou ação, é comigo mesmo. Sou a louca desse gênero. Ainda não conhecia esse título, mas quando comecei a ler pensei em ter mais, sabe? Mais ação e vi que esse filme não vai me dar isso. Vou atrás da trilha sonora, porque, a dica, vou passar por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Nana! Assisti ao trailer desse filme e achei muito bacana! Curto filmes que envolvam velocidade, gostei da saber que há uma trama bem escrita, que vai além dos motores. A trilha sonora deve estar de arrasar mesmo, beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, não sou fã de filmes, mas esse parece bacaninha. gostei de saber que podemos conhecer o passado do personagem, e parece algo de bastante ação com essas fugas de carro. Adorei que a trilha casa perfeitamente com o enredo.

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    To indo bastante ao cinema, mas esse filme não faz muito meu estilo, porém, quem sabe caso entre em algum streaming eu não dê uma olhada...

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Estou muito curiosa para ver esse filem, primeiro pelo Edgar Wright que está sendo super elogiado pelo trabalho nesse filme (você mesma ressaltou bastante isso) e depois pelo Ansel Elgort (meu eterno Gus ♥)!
    Bjs!

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^