Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

11 de março de 2017

Resenha: Espada de Vidro - Victoria Aveyard.

Título: Espada de Vidro.
Série: A Rainha Vermelha #02.
Autora: Victoria Aveyard.
Páginas: 496. Ano: 2015.
ISBN-13: 9788565765947.
ISBN-10: 8565765946.
Editora: Seguinte.
Género: Fantasia, Distopia, Jovem adulto, Aventura, Ficção, Ficção científica, Romance.
Categoria: Literatura Estrangeira.
Adicione ao Skoob.
Compre: aqui.

Sinopse:
O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.


Ei gente, essa é a minha primeira resenha, então estou um pouco (leia-se muito) nervosa. Espero não fazer nada de errado e conseguir passar um pouquinho daquilo que senti ao ler esse livro, vamos lá!

Tenho ele desde o ano passado, mas só agora, no feriado de carnaval, e claro, com a pré-venda do terceiro livro, A Prisão do Rei, da Série A Rainha Vermelha (link da resenha do primeiro livro aqui) em andamento resolvi ler. Devia ter esperado o lançamento - risos - porque agora estou em cólicas esperando o próximo.

A história se passa em um universo novo, dividido pelo sangue. A nossa protagonista era considerada uma vermelha, portanto pertencente a casta pobre e trabalhadora. Nesse mundo que nos é apresentado, Mare é uma ladra, que faz isso para sobreviver e ajudar aos seus familiares. Os vermelhos tem apenas duas alternativas: trabalhar até a exaustão até morrerem, ou deixar-se serem levados para guerra. É nesse mundo que a história se passa, onde os prateados são a nobreza e aproveitam-se dos vermelhos. Mas... novosangues surgem.

O segundo livro começa exatamente no mesmo momento que o primeiro termina, com Mare Barrow e Cal - o Príncipe Exilado - fugindo após escapar da Arena Mortal.

Cal está despedaçado pela traição do seu irmão, Maven, o novo Rei e pela morte de seu pai pela suas mãos, forçado pela Rainha Elara.

Mare não confia em mais ninguém além de si mesma, e precisa encontrar forças para seguir em frente, para enfrentar essa guerra que está apenas começando. 

Eles seguem rumo ao desconhecido sem saber em quem confiar, chegando ao esconderijo, mais uma vez se veem obrigados a lutar e fugir das garras de Maven e seu exército implacável de prateados, por muito pouco eles conseguem escapar.

Mare agora está determinada a encontrar os “sanguenovos” vermelhos com poderes prateados assim como ela. Ela não estará sozinha nessa busca, junto está seu irmão Shade, seu melhor amigo Kilorn, a guerreira Farley e Cal.

“A Garota que vejo é, ao mesmo tempo, familiar e estranha – Mare, Mareena, garota elétrica, rainha vermelha – e ninguém ao mesmo tempo. Não é prateada. Não é vermelha. Não é humana. Um símbolo da Guarda Escarlate, um rosto num cartaz de procurados, a perdição de um príncipe, uma ladra.... Uma assassina. Uma boneca que assume qualquer forma, menos a própria.”

Com a lista de nomes em mãos Mare inicia sua caçada contra o tempo, na busca de encontrar o maior número de sanguenovos para salvar da mão de Maven e conseguir sua tão desejada vingança.

“...Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto preste a estilhaçar”

Iniciei a leitura desse segundo livro com muitas expectativas, pois o primeiro prendeu-me do início ao fim, e ao término me vi roendo as unhas por não ter o terceiro em mãos.

O livro é todo narrado pela protagonista Mare, o que as vezes torna a leitura um pouco cansativa, porque a nossa heroína gosta de se isolar de todos e quer carregar o mundo nas costas, o que me deixa um pouco irritada e brava com ela, o seu lema é:

“Todo mundo pode trair todo mundo”

A trama do livro está bem desenvolvida, a cada novosangue encontrado sentia-me energizada. Confesso que queria mais detalhes sobre as dificuldade e desafios encontrados no meio do caminho, alguns novosangues simplesmente apareceram sem muitos detalhes do resgate, e isso incomoda um pouquinho.

Nesse livro o irmão da Mara, o Shade, roubou algumas cenas e virou destaque (vale a pena um spinoff dele #soacho) junto com sua companheira inseparável, Farley.

Cal também teve um papel muito importante em toda a história, principalmente por ser um prateado e agora se vê obrigado a lutar contra e até matar os seus.

Conhecer os poderes dos “sanguenovos” foi realmente chocante, cada descoberta dos poderes como Shade que se tele transporta foi muito bacana. Todos foram colocados na história com uma doze de emoção e expectativa para quem está lendo.

O que posso dizer é que estou totalmente viciada e apaixonada pela história, louca pela continuação -  como já disse - que espero que seja tão cheio de reviravoltas como esse. Estou despedaçada com a perda de um personagem, ainda não estou sabendo lidar com isso, e por isso preciso saber logo como tudo isso irá terminar. Para os mais sensíveis: preparem-se.

Sobre a capa, é perfeita na minha opinião, toda prateada com relevo na coroa. Em cada livro vem um marcador na orelha para recortar, confesso que não tive coragem de fazer isso, mas achei a ideia maravilhosa. A edição nos traz folhas amarelas e o tamanho da fonte agradável.

Indico esse livro para quem gosta de uma boa distopia fantástica, ficção cientifica e romance. Tem uma bela mistura de tudo isso e muito bem dosado, na minha opinião.

Fico por aqui, espero não ter feito feio na minha primeira resenha, que tenham curtido e aproveitado um pouquinho da história através dos meus olhos. Não deixem de comentar, a opinião de vocês é muito importante.


Até a próxima!
Avaliação:


16 comentários :

  1. Essa série é super bem falada. Fico babando nas capas toda vez q vou a uma livraria, mas tenho medo de achar que é uma distopia igual a todas as outras. Tenho que superar isso é embarcar na leitura.
    Parabéns pela resenha.
    Bjsss
    Luana
    www.umasegundaopiniao.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! A primeira distopia que li, foi a A seleção. E amei. Claro que está está na minha lista de leitura, mas sempre deixo, passar. Sua resenha ajudou a eu me sentir motivada, para ler, o quanto antes.


    Bjs

    Bia Oliveira

    http://entrepaginasemuitashistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sou completamente apaixonada por essa série! Estou terminando a leitura desse volume e sua resenha só me atiçou mais <3

    ResponderExcluir
  4. Olá! Esse livro está na lista da minha leitra faz um tempo. Saber que você se apaixonou e viciou pela história só aumenta minha vontade de ler. Realmente a capa está perfeita. A ideia dos marcadores realmente é maravilhosa, também não sei se teria coragem de corta. Beijos'

    ResponderExcluir
  5. Não fica nervosa, mas recordo que quando fiz a minha primeira resenha para um blog, também fiquei assim, e recebi a crítica de ter sido muito acadêmica, com o tempo fui aprendendo ^^
    Sobre a trilogia, sempre leio elogios e tenho vontade de ler, mas infelizmente, ainda não tive oportunidade.
    Parabéns pela resenha e escolha do livro ^^

    ResponderExcluir
  6. Olá! Se vc nervosa escreve tão bem que dirá desinibida.
    Eu ainda não li esses livros mas tenho muita curiosidade, esperando um momento pra isso.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Acredita que tenho o primeiro livro na estante e até agora não consegui pegar pra leitura?
    Fiquei super empolgada em saber que o segundo livro deixa a gente tão instigada quanto no primeiro. Menina você arrasou na resenha e agora vou comprar o restante da série pra não passar vontade na hora que terminar o primeiro.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Danusia ^^
    Amo demais A Rainha Vermelha e todo o enredo criado pela Victoria. Tento evitar ao máximo ler resenha dos outros livros para não tomar spoiler e acredito que posso ter levado algum durante as suas impressões. kkk
    Fico um pouco incomodado por a continuação ainda permanecer sobre o olhar da Mare, isso acaba limitando o mundo que poderia muito melhor ser explorado se fosse na terceira pessoa.
    Só fico na torcida para o filme sair logo que é.
    Parabéns pela resenha e te desejo calma nesse coração até o lançamento do terceiro livro. rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Feliz dois anos de blog! Já faz um tempinho que acompanho ele e adoro demais! Bom, infelizmente ainda não li "Rainha Vermelha", acredita??????? SOCORRÃO! Preciso logo e aliás adoro as capas desta trilogia, porém essa do último livro deixou de desejar, ai minha estante como fica????????? :( AUHAUAAU, adorei sua opinião!

    Beijos,
    Lu - @justificou

    ResponderExcluir
  10. Eu estava tentando fugir de resenhas sobre esse livro, mas acabei falhando e agora fiquei com mais vontade ainda de ler o primeiro livro da série. Não, eu não li - sorry mundo, asuahusa. Brincadeiras a parte, mesmo pegando alguns spoilers, gostei demais do que vi e mais do que nunca, não vejo a hora de ter essas histórias na minha estante!!!

    obs: amei a sua resenha e parabéns pela qualidade do texto.

    ResponderExcluir
  11. Estou de olho nesta série há tempos, mas é uma pena que eu não tenha começado a ler ainda. A mistura dos gêneros é algo que me agrada, pois separados são bons, imagina tudo junto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Ainda não li o primeiro livro dessa série e nem tinha interesse pois havia lido alguns comentários negativos mas a sua resenha conseguiu despertar novamente a minha curiosidade. Amo os gêneros literários que a compõe e a mistura deles parece ter resultado num livro muito instigante.
    Ah, sua resenha ficou muito boa, não se preocupe.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha, ainda não li essa saga e também não sei se lerei, mas gostei da sua postagem. Meu cunhado está lendo pelo celular, loko, loko, depois vou perguntar a opinião dele. Beijos

    Nara Dias
    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, mas a série ainda está em minha lista de leitura. Estou lendo mais nacionais. 😊

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Adoro histórias com reviravoltas! Quero ler a série assim que puder!
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?

    Bom, não gostei da sua resenha, porque ela me ofereceu uns spoilers! Hahahaha. Eu comprei o primeiro livro no ano passado, mas ainda não li. Você disse que a leitura pode ficar cansativa porque a protagonista se isola, né? Eu sou o tipo de pessoa, de leitora e de escritora que a-m-a isolamento e introspecção, então, encararia numa boa essa tipo de narração :)
    Espero que, quando iniciar a leitura, a ame tanto quanto você :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^