Autores Livros Entrevistas Filmes Games HQ's Mangás Wattpad Sagas Seriados

9 de julho de 2016

Resenha: Na Ilha – Tracey Garvis Graves.


Na Ilha

Título: Na Ilha.
Autora: Tracey Garvis Graves.
Editora: Intrínseca.
Páginas: 288. 
Ano: 2013.    
Idioma: Português.
Gênero: Romance.
ISBN-13: 9788580574029.         

ISBN-10: 8580574021.
Adicione ao Skoob.


Sinopse:

Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.


Obs.: Essa resenha pode conter spoilers, siga a leitura por sua conta e risco! rs

         "Na Ilha" é um livro diferente, que foge do esperado. A Autora nos apresenta uma historia – um romance – mas que só se desencadeia a partir de circunstâncias extremas.

         Sobreviver, este é o foco inicial do livro. Tudo começa com uma professora – Anna – que está partindo para as Ilhas Maldivias com T. J. que será seu aluno durante o verão.

         Anna aceita este trabalho para tentar dar um novo rumo a sua vida, está em um relacionamento rotineiro com John e espera por mais dele, mas não sabe como demonstrar isso. Então quando surge está oportunidade ela aceita e parte para seu trabalho.

         T. J. está num momento difícil, após passar por um Linfoma, ele está atrasado na escola e seus pais o obrigam a passar as férias em família e estudar. Para aproveitar um pouco dos amigos, T. J. fica em Chicago por alguns dias e embarca para encontrar seus pais junto com Anna.
         E é aí que começa a aventura e a luta pela sobrevivência. No meio da viagem, enquanto sobrevoam o oceano, o piloto sofre um infarto e o hidroavião em que estavam cai em alto-mar. Anna e T.J. sobrevivem como podem e quando amanhece estão na praia de uma ilha. Para desespero completo: desabitada. A partir daí um garoto de 16 anos, recém recuperado de um câncer e uma professora de 30 anos se veem em meio ao nada, famintos e com sede.

“- O que acha que vai acontecer com a gente, Anna? - A voz dele soou sonolenta.- Não sei. Acho que temos que continuar fazendo o que estamos fazendo e tentar aguentar até que alguém nos encontre.” Pg. 63.
        
Aos poucos eles vão se adaptando e lutando para sobreviver, vivendo um dia de cada vez, coletando água da chuva, catando cocos e frutas-pão.

“A tempestade mostrou sua ira durante horas. Nós nos aconchegamos um ao outro cobrindo nossas cabeças com o cobertor. O fino náilon que cobria o teto e descia pelas laterais do bote salva-vidas era a toda a proteção que tínhamos contra os raios, ou seja: proteção nenhuma.” Pg. 67.

Após alguns anos T.J. não é mais um simples garoto ele se transforma em um homem e nutre uma paixão por Anna, do mesmo modo que ela por ele, mesmo que para ela pareça ser errado por conta da idade. Quando não conseguem mais esconder isso, eles se entregam. A Autora soube conduzir isso perfeitamente, foi delicado, lindo e ao mesmo tempo quente! rsrs.

“Frequentemente eu flagrava T. J. me olhando, mas ele nunca fora tão claro. Ele estava ficando mais ousado, jogando verde. Se ele havia tentado esconder seus sentimentos antes, já não estava mais tão preocupado com isso. Eu não sabia quais eram suas intenções, ou mesmo se tinha alguma, mas viver com ele estava prestes a se tornar complicado.” Pg. 112.

         Quando já não restavam mais esperanças, três anos e meio depois de estarem na ilha e de muitas, MUITAS provações – LEIAM! – Um tsunami acomete todas as ilhas e eles são engolidos e voltam ao alto-mar. Ambos se separam e são resgatados, mas se reencontram no hospital. Lá conseguem contato com suas famílias e finalmente todos descobrem que eles estão vivos.

         E aí você pensa que acaba... Mas não!!! A Autora foi muito inteligente a meu ver, e mostrou toda a readaptação deles. É emocionante quando eles comem, bebem, vão ao banheiro pela primeira vez depois de anos! Quando voltam para casa precisam se reacostumar e também lidar com seu relacionamento, esse é outro ponto muito bem trabalhado pela autora.

         A pergunta que deixo para vocês é: será que eles terão um final feliz, após tudo que passaram? Leiam e descubram! 

Garanto que não irão se arrepender!!!!

Avaliação : 


22 comentários :

  1. Oi, flor!
    Gostei de saber que esse livro te cativou! Eu quero lê-lo, mas já encontrei resenhas negativas que me fizeram hesitar, sabe? Mesmo assim, Na Ilha me parece ser o tipo de livro que me faria curtir muito seu enredo. Quero dizer, os personagens amadurecem e vivem uma turbulência que com certeza constrói uma intimidade que jamais poderiam ter com outra pessoa. :)

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Meu comentário saiu pela metade heheh então estou escrevendo novamente.
    Eu não havia me interessado pelo livro quando li a sinopse nos lançamentos,mas sua resenha me intrigou.
    Eu gosto de tramas com essa tensão de ter de sobreviver em situações extremas.
    Entao, dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi. Como você disse que a resenha continha spoilers, li por cima para não ficar sabendo de nenhum acontecimento do livro. Se por acaso eu vier a ler, quero ser pega de surpresa pela narrativa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Não conhecia a obra e realmente possui um enredo interessante, estou precisando de ler livros mais leves assim. Vou anotar a dica.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, parece até algum filme inspirado na lagoa azul que passa da sessão da tarde na globo kk ótima resenha, mas já até comecei a ler o livro e não consegui, passei para outro, e nem sei se tenterei ler de novo.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ual! Bem um filme de sobrevivência, já super curti. Mas quando olhei na capa eu pensei que seria um livro bem tranquilo de romance clichê, mas estava enganado e já quero ler essa obra.

    ResponderExcluir
  8. Oi, não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante e o fato de desenvolver um romance entre uma mulher e um adolescente, em uma ilha perdida depois de caírem de um avião e de serem dados como mortos é bem interessante e o fato de o livro focar na sobrevivencia é incrivel, pois achei que ia ser mais um romance bobo, mas me enganei, parece ser incrivel e fiquei louca para saber o que acontece depois que eles voltam ao mundo novamente. Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana, este livro me persegue (no bom sentido) certa vez li uma resenha dele e fiquei encantada, comprei acabei dando de presente e comprei outro para mim, mas ainda não o li.
    Pelo que você trouxe na resenha, posso esperar romance e aventura também, certo? Afinal lutar para sobreviver me remete a algumas aventuras. Hahaha Caramba, passada eles ficaram mais de três anos na ilha!
    Bom, respondendo sua pergunta, depois de comerem o pão que o diabo amassou na ilha (inferência minha) de se descobrirem e assumirem o inevitável romance, espero que tenham tido um final feliz, mas só saberei lendo e o lerei.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu ainda não conhecia a obra e a premissa me interessou bastante. Achei a capa tão simples mas ao mesmo tempo muito bonita Gostei de ver sua impressão sobre a obra e acredito que eu me agradaria bastante dessa leitura

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Nossa!

    Eu sempre quis ler esse livro por causa da capa, que eu acho linda. Mas não tinha idéia do que tratava o livro.

    Que história! Nossa...fiquei curiosa pra conhecer o final...

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Nossa!

    Eu sempre quis ler esse livro por causa da capa, que eu acho linda. Mas não tinha idéia do que tratava o livro.

    Que história! Nossa...fiquei curiosa pra conhecer o final...

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Sempre vejo esse livro em promoção nas livrarias online mas nunca dei muita atenção a ele e, pela sua resenha,parece que estou perdendo uma história e tanto. Fiquei louca pra saber mais sobre o qie acontece com os personagens. Com certeza comprei assim que puder.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi linda,

    Confesso que a capa não traduz muito bem o enredo do livro porque ele é mais dramático e a capa mais amorosa e tudo mais e pela sua ótima resenha o interesse foi despertado em mim para conhecer mais dessa história e sobrevivência.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi,

    Adorei a premissa do livro e além de da pergunta final da sua resenha que me deixou curiosa para saber o final desse livro.
    Obrigada pela dica!


    Muitos Livros e Sucesso!
    Bjs!

    booksmagiclove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oiee,

    Esse livro sempre esta de promoção, mas por não sentir curiosidade pela capa nunca senti vontade de ler. A premissa do livro parece ser legal e me lembrou de A lagoa Azul e de outros filmes que passa na sessão da tarde onde as pessoas ficam presas em uma ilha. O que chamou a atenção foi a autora narrar a readaptação deles e não deixar isso para a imaginação do leitor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oie
    eu já tenho o livro aqui e super quero ler pois tem um enredo interessante e uma pegada bem polemica, gosto muito de leituras assim e vi muitas resenhas além da sua que elogiam muito a escrita

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    A história parece ser interessante, já tinha visto resenhas sobre ele no Youtube e esse drama construído pela autora tinha chamado minha atenção (porém esqueci desse livro, não sei pq) por isso preciso colocar na minha lista de compras e conhecer mais a fundo essa trama. Espero gostar, amei sua resenha.

    Beijos,
    Luan - Carpe Diem Literário.

    ResponderExcluir
  19. Já comecei a me interessar pelo livro ao ler a primeira frase da resenha. A premissa é excelente. Fiquei doida para saber que circunstâncias extremas são essas que desencadeiam o romance dos personagens. já vi que eles foram parar em uma ilha desabitada, e não há nada mais extremo do que isso, mas estou querendo muito conhecer os detalhes. Dica anotada!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Estou aqui imaginando como a autora colocou esse tanto de história em um livro com apenas 200 e poucas páginas, fiquei meio com um pé atrás,hahaha, mas tenho curiosidade em conhecer a história e saber no que deu esse reencontro no hospital.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oiee ^^
    Lembro de ter visto este livro pela primeira vez numa livraria, e de ter sentido curiosidade para lê-lo, mas tinha me esquecido totalmente dele até encontrar a sua resenha. Não imaginava que a história era assim tão sensacional, saber que a autora teve o cuidado de narrar o romance entre os personagens de forma delicada e apaixonante, e depois em mostrar a readaptação de ambos... Gostei.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  22. Eu me apaixonei por essa capa quando a vi,mas não fazia ideia da história incrível que ela escondia,poxa você me deixou loucamente curiosa para conhecer a trama e saber como esses dois personagens vivem e terminam no livro.

    vou atrás dele agora mesmo.

    Linda resenha,conta e aguça na medida certa.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

Agradecemos por comentar! ^_^